Notícias

01/08/2008 13:36Larissa pode ser reserva em Pequim (leia e ouça)

Olimpíada de Pequim
Brasil poderá ter dois reservas
nas provas de pentatlo moderno
Além de Wagner Romão, Larissa Lellys saberá na próxima semana se será a primeira reserva feminina.
Rio - Os dois únicos reservas oficiais nas provas do pentatlo moderno na Olimpíada de  Pequim poderão ser brasileiros, fato inédito na história dos Jogos,   porque a exemplo do ocorrido com o sergipano  Wagner Romão, escolhido pela UIPM - União Internacional de Pentatlo Moderno -  desde a semana retrasada,  a pernambucana Larissa Lellys tem chance de  ser a primeira reserva feminina e ,dessa forma, competir em caso de alguma contusão ou desistência - até a véspera da competição - de uma das 36 atletas já classificadas para os Jogos. A decisão ocorrerá no próximo dia 8 , data da abertura do evento, quando os juizes do Tribunal de Arbitragem do Esporte - TAS -, com sede na Suíça, vão  julgar a acusação da atleta grega Donna Vakalis ( atualmente primeira reserva ) denunciando ser ilegal a vaga ocupada pela pentatleta australiana  Angie Darby. Isso em decorrência de possíveis irregularidades na prova que valeu a sua classificação para as Olimpíadas
 A desclassificação do pentatleta  australiano Alexander Parygin, medalha de ouro em Atlanta,  obrigado a ceder a vaga para o inglês Nick Woodbridge, ocorreu de forma similar, o que proporcionou a inclusão de Wagner Romão como primeiro reserva.Tanto Larissa Lellys como Wagner Romão já se encontram na Coréia do Sul desde ontem, participando junto com Yane Marques - já classificada para Pequim pela vitória nos Jogos Pan-Americanos do ano passado  - dos treinos finais e se adaptando ao fuso horário.  Antes de seguirem para a Coréia do Sul os atletas estavam em Bordeaux, na França, realizando  treinamento especial durante dez dias.  A prova feminina em Pequim será realizada no dia 22 de agosto e a masculina um dia antes.
NewsPress / Clipping   / , CENTRAL DE WEBJORNALISMO terça, 05 de agosto de 2008
Para escutar, clicar no link abaixo :
ESPORTES
05/08/08 - Brasil poderá ter dois reservas nas provas de Pentatlo Moderno em Pequim. - Alexandre Salvador
NewsPress / Clipping   / JB ONLINE,  sábado, 02 de agosto de 2008
 
 
 
 
 

Brasil poderá ter dois reservas nas provas de pentatlo em Pequim

JB Online

RIO - Os dois únicos reservas oficiais nas provas do pentatlo moderno na Olimpíada de Pequim poderão ser brasileiros, fato inédito na história dos Jogos, porque a exemplo do ocorrido com o sergipano Wagner Romão, escolhido pela UIPM - União Internacional de Pentatlo Moderno - desde a semana retrasada, a pernambucana Larissa Lellys tem chance de ser a primeira reserva feminina e dessa forma competir em caso de alguma contusão ou desistência - até a véspera da competição - de uma das 36 atletas já classificadas para os Jogos.

A decisão ocorrerá no próximo dia 8 , data da abertura do evento, quando os juizes do Tribunal de Arbitragem do Esporte - TAS -, com sede na Suíça, vão julgar a acusação da atleta grega Donna Vakalis ( atualmente primeira reserva ) denunciando ser ilegal a vaga ocupada pela pentatleta australiana Angie Darby. Isso em decorrência de possíveis irregularidades na prova que valeu a sua classificação para as Olimpíadas

A desclassificação do pentatleta australiano Alexander Parygin, medalha de ouro em Atlanta, obrigado a ceder a vaga para o inglês Nick Woodbridge, ocorreu de forma similar, o que proporcionou a inclusão de Wagner Romão como primeiro reserva.Tanto Larissa Lellys como Wagner Romão já se encontram na Coréia do Sul desde ontem, participando junto com Yane Marques - já classificada para Pequim pela vitória nos Jogos Pan-Americanos do ano passado - dos treinos finais e se adaptando ao fuso horário. Antes de seguirem para a Coréia do Sul os atletas estavam em Bordeaux, na França, realizando treinamento especial durante dez dias.

A prova feminina em Pequim será realizada no dia 22 de agosto e a masculina um dia antes.

[02/08/2008 :: 13:52]

NewsPress / Clipping   / FOLHA DE PERNAMBUCO,  sábado, 02 de agosto de 2008

 
Esportes
8/2/2008
Larissa Lellys pode ser primeira reserva
 
 
A pernambucana Larissa Lellys tem chance de se tornar a primeira reserva feminina do pentatlo moderno da Olimpíada de Pequim e, dessa forma, competir em caso de alguma contusão ou desistência - até a véspera da competição - de uma das 36 atletas já classificadas para os Jogos.

 

A decisão ocorrerá no próximo dia 8, data da abertura do evento, quando os juízes do Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS) vão julgar a acusação da atleta grega Donna Vakalis - atualmente primeira reserva - denunciando ser ilegal a vaga ocupada pela pentatleta australiana Angie Darby. Isso em decorrência de possíveis irregularidades na prova que valeu a sua classificação para a Olimpíada.

 

Caso Larissa se confirme como primeira reserva, pela primeira vez o Brasil terá os dois únicos reservas oficiais nas provas do pentatlo moderno da Olimpíada. No masculino, o sergipano Wagner Romão foi o escolhido pela União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM), desde a semana retrasada.

 

A desclassificação do pentatleta australiano Alexander Parygin, medalha de ouro em Atlanta, obrigado a ceder a vaga para o inglês Nick Woodbridge, ocorreu de forma similar, o que proporcionou a inclusão de Wagner Romão como primeiro reserva. Tanto Larissa Lellys como Wagner Romão já se encontram na Coréia do Sul desde a última quinta-feira, participando junto com a pernambucana Yane Marques dos treinos finais e se adaptando ao fuso horário.
NewsPress / Clipping   / PURO ESPORTE.COM,  sábado, 02 de agosto de 2008
PURO ESPORTE.COM
Brasil poderá ter dois reservas nas provas de pentatlo moderno
(02/08) - Os dois únicos reservas oficiais nas provas do pentatlo moderno na Olimpíada de  Pequim poderão ser brasileiros, fato inédito na história dos Jogos, porque a exemplo do ocorrido com o sergipano Wagner Romão, escolhido pela UIPM - União Internacional de Pentatlo Moderno -  desde a semana retrasada, a pernambucana Larissa Lellys tem chance de  ser a primeira reserva feminina e dessa forma competir em caso de alguma contusão ou desistência - até a véspera da competição - de uma das 36 atletas já classificadas para os Jogos.

A decisão ocorrerá no próximo dia 8, data da abertura do evento, quando os juizes do Tribunal de Arbitragem do Esporte - TAS -, com sede na Suíça, vão  julgar a acusação da atleta grega Donna Vakalis(atualmente primeira reserva) denunciando ser ilegal a vaga ocupada pela pentatleta australiana  Angie Darby. Isso em decorrência de possíveis irregularidades na prova que valeu a sua classificação para as Olimpíadas 
 
A desclassificação do pentatleta australiano Alexander Parygin, medalha de ouro em Atlanta,  obrigado a ceder a vaga para o inglês Nick Woodbridge, ocorreu de forma similar, o que proporcionou a inclusão de Wagner Romão como primeiro reserva.

Tanto Larissa Lellys como Wagner Romão já se encontram na Coréia do Sul desde quinta-feira, participando junto com Yane Marques - já classificada para Pequim pela vitória no Pan Rio 2007 - dos treinos finais e se adaptando ao fuso horário.  Antes de seguirem para a Coréia do Sul os atletas estavam em Bordeaux, na França, realizando  treinamento especial durante dez dias.  A prova feminina em Pequim será realizada no dia 22 de agosto e a masculina um dia antes.  
NewsPress / Clipping   / Coluna CLÁUDIO HUMBERTO,  sexta, 01 de agosto de 2008
Olimpíada: brasileiros
reservas no pentatlo
(noticia)
04/08/2008 09:16

Pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos, os dois únicos reservas oficias nas provas do pentatlo moderno em Beijing poderão ser os brasileiros Wagner Romão e Larissa Lellys. A decisão será dia 8, no Tribunal de Arbitragem do Esporte (Tas), na Suíça, que julga acusação de vaga ocupada ilegalmente pela australiana Angie Darby. O sergipano Wagner Romão é primeiro reserva do inglês Nick Woodbridge, após desclassificação do australiano Alexander Parygin.

NewsPress / Clipping   / COMUNIQUE-SE,  sexta, 01 de agosto de 2008


Pequim - Brasil pode ter mais um reserva no pentatlo

(Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil - Comunique-se - ) Rio, - Os dois únicos reservas oficiais nas provas do pentatlo moderno na Olimpíada de Pequim poderão ser brasileiros, fato inédito na história dos Jogos, porque a exemplo do ocorrido com o sergipano Wagner Romão, escolhido pela UIPM - União Internacional de Pentatlo Moderno - desde a semana retrasada, a pernambucana Larissa Lellys tem chance de ser a primeira reserva feminina e dessa forma competir em caso de alguma contusão ou desistência - até a véspera da competição - de uma das 36 atletas já classificadas para os Jogos. A decisão ocorrerá no próximo dia 8 , data da abertura do evento, quando os juizes do Tribunal de Arbitragem do Esporte - TAS -, com sede na Suíça, vão julgar a acusação da atleta grega Donna Vakalis ( atualmente primeira reserva ) denunciando ser ilegal a vaga ocupada pela pentatleta australiana Angie Darby. Isso em decorrência de possíveis irregularidades na prova que valeu a sua classificação para as Olimpíadas

A desclassificação do pentatleta australiano Alexander Parygin, medalha de ouro em Atlanta, obrigado a ceder a vaga para o inglês Nick Woodbridge, ocorreu de forma similar, o que proporcionou a inclusão de Wagner Romão como primeiro reserva.Tanto Larissa Lellys como Wagner Romão já se encontram na Coréia do Sul desde ontem, participando junto com Yane Marques - já classificada para Pequim pela vitória nos Jogos Pan-Americanos do ano passado - dos treinos finais e se adaptando ao fuso horário. Antes de seguirem para a Coréia do Sul os atletas estavam em Bordeaux, na França, realizando treinamento especial durante dez dias. A prova feminina em Pequim será realizada no dia 22 de agosto e a masculina um dia antes.


Mais informações : Site da CBPM ( www.pentatlo.org.br )
Assessoria de Comunicação da CBPM : Sérgio Cavalcanti :(21) 2512-6934 e cel. (21) 9156-1579



« Voltar