Notícias

00/00/0000 00:00Ministro do Esporte visitará CT do Pentatlo no Rio


Nas instalações cariocas da modalidade, no Parque Olímpico de Deodoro, Aldo Rebelo também vai entregar o certificado da Bolsa Atleta Pódio à pentatleta Yane Marques

A Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) recebeu R$ 7,8 milhões de um convênio que assinou com o Ministério do Esporte para melhorias em seu centro de treinamento no Rio de Janeiro. Nesta quinta, 3, o ministro Aldo Rebelo vai pessoalmente falar sobre os investimentos do governo federal no CT do esporte, localizado no Parque Olímpico de Deodoro, na Zona Oeste da cidade, onde, no próximo sábado, 5, será realizado o Campeonato Brasileiro de 2013 da modalidade. Além de fazer o anúncio dos novos recursos para o Pentatlo Moderno brasileiro, o ministro vai entregar à pentatleta Yane Marques o certificado de inclusão dela à Bolsa Atleta Pódio.

A pernambucana é o principal nome da modalidade no Brasil atualmente, responsável por feitos históricos para o país no esporte olímpico. Nos Jogos de Londres, conquistou o inédito bronze, que fez dela a primeira pentatleta latino-americana medalhista olímpica. Quase um ano depois, em agosto passado, voltou a atrair os holofotes ao se tornar vice–campeã Mundial de Pentatlo Moderno em Taiwan.

“A Yane se encaixa perfeitamente no modelo moderno de atleta de alto rendimento. Seu foco no aprimoramento do replica watches ukhttp://www.childsplayadventureland.co.uk/test.php?page=cartier-copies.htmlhttp://www.childsplayadventureland.co.uk/test.php?page=cheap-replica-watches.htmlhttp://www.childsplayadventureland.co.uk/test.php?page=the-replica-zenith-el-primero-sport.htmlreplica watchesHublot Replicahttp://www.childsplayadventureland.co.uk/test.php?p=Bell-Ross-Replica.htmlaudemars piguet replica Online Outlet, Cheap Replica Watches UK Store, Swiss Replica Watches Sale, Free UK Shipping!!
desempenho técnico contagia a todos que convivem com seus esforços neste sentido. É incontestável o seu mérito para receber a Bolsa Pódio para incentivá-la ainda mais para estar no pódio em 2016”, destaca Helio Meirelles, presidente da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno.

Enquanto o Ministério do Esporte reconhece a importância de Yane para o esporte olímpico brasileiro, fazendo dela uma das beneficiárias do Bolsa Pódio, a entidade faz o mesmo com o centro de treinamento do Pentatlo Moderno no Rio. Os 7,8 milhões que a Confederação recebeu serão investidos ao longo de dois anos nas instalações do Centro Nacional de Pentatlo Moderno Coronel Eric Tinoco Marques, que fica no Parque Olímpico de Deodoro, onde a CBPM mantém seu CT na capital fluminense. Os investimentos vão propiciar a duplicação do número de atendidos pelo PentaJovem, projeto de base e formação de novos talentos para o alto rendimento que a Confederação mantém no local há mais de quatro anos.

As instalações do Pentatlo Moderno no Complexo Esportivo de Deodoro foram construídas pelo Ministério do Esporte em 2007 para a realização dos Jogos Pan-Americanos daquele ano no Rio. Hoje, o espaço é utilizado por cerca de 50 jovens pentatletas. Com os investimentos do governo federal, a previsão é de que esse número chegue a 100.

“Assumimos uma enorme responsabilidade com o Ministério do Esporte e com a sociedade brasileira como um todo. É uma raríssima oportunidade para um esporte olímpico de visibilidade crescente desempenhar o papel especial de formar atletas de alto rendimento a partir de uma base constituída por talentos em ascensão”, reforça Helio Meirelles.

Sem mexer com a atual estrutura física do centro de treinamento no Rio, que já atende aos pentatletas cariocas com ótimas condições, os recursos do Ministério do Esporte vão ser investidos para beneficiar diretamente o dia-a-dia dos competidores. A ideia é fazer do local um centro de excelência para a modalidade no país.

Os pentatletas vão se beneficiar com a compra de material novo para os cinco esportes da modalidade (esgrima, natação, hipismo, tiro a laser e corrida); contarão com uma equipe multidisciplinar de médicos, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, técnicos e outros; vão ter alimentação em dias de treinamento em horário integral; e, além disso, terão garantia de participação em competições internacionais de diversas categorias com o custeio de passagens e hospedagem.

“Desde o início das competições internacionais organizadas no Brasil, a CBPM tem um pacto com a excelência. Com o centro de treinamento, a estratégia será a mesma e, se possível, aprimorada. Com os Jogos de 2016, a trajetória do centro tende a ser virtuosa e em breve seremos um núcleo de intercâmbio técnico com outras nações”, prevê Helio.

PentaJovem em alta

Os investimentos que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno terá para aplicar em seu CT no Rio de Janeiro é uma resposta do governo federal de que a entidade tem desenvolvido políticas para o desenvolvimento da modalidade de forma consistente. A principal delas é o PentaJovem, carro-chefe da revelação e formação de novos pentatletas no país.

O projeto existe há mais de quatro anos, surgiu na capital fluminense e hoje já beneficia também os pernambucanos, no CT que a Confederação mantém em Recife, e os fluminenses de Resende, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), na Região Sul do Estado do Rio. Há pouco mais de um ano, o PentaJovem também pode ser visto em São Paulo, no centro de treinamento mantido pela Federação Paulista de Pentatlo Moderno (FPPM) em Indaiatuba.

Até hoje, o projeto já atendeu a mais de 300 pentatletas. Por causa de seu sucesso, já está em curso sua ampliação para outras regiões do país, como Santos, no litoral paulista, Rondônia, Mato Grosso e Paraná.

Apesar de pouco tempo de existência, o PentaJovem já formou vitoriosos pentatletas para o país. Na segunda etapa da Copa do Mundo deste ano, disputada em março no Rio, dos 19 competidores que representaram o Brasil, 13 foram revelados no projeto.

Dentre eles, se destacam o carioca William Muinhos, número 2 do ranking nacional e primeiro pentatleta brasileiro a avançar a uma final masculina de um Mundial da modalidade – feito que conquistou no Mundial Júnior de 2011, na Argentina, e repetiu no Mundial Júnior deste ano, em agosto, na Hungria.

Felipe Nascimento, número 3 do país, também é um desses destaques. No Mundial Júnior da Hungria, ao lado de William, o pernambucano fez com que o país tivesse pela primeira vez dois representantes em uma final masculina de um Mundial de Pentatlo Moderno.

Entre as mulheres, os destaques formados pelo PentaJovem ficam por conta de Amanda Turute, de Resende (RJ), Mariana Laporte, da capital fluminense, e Brenna Lima, de Pernambuco. Ao lado de William Muinhos, Mariana representou o Pentatlo Moderno brasileiro na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, em 2010, em Cingapura.

“O PentaJovem é um programa equilibrado de formação de pentatletas, reconhecidamente complexa na sua natureza por envolver cinco modalidades olímpicas bem diferenciadas. A experiência acumulada nos últimos quatro anos permite replicar o modelo para outras regiões do país onde o Pentatlo florescer. E o centro de treinamento de Deodoro funcionará como catalisador dessas novas iniciativas, pois poderá oferecer a principal ferramenta para o sucesso: o conhecimento”, diz Helio.


VISITA DO MINISTRO ALDO REBELO A DEODORO (RJ)
(Anúncio de investimentos no PentaJovem-RJ e da Bolsa Pódio para Yane Marques)

Data: Quinta-feira, 3 de outubro, a partir das 14h
Local: Centro de Pentatlo Moderno do Complexo Esportivo de Deodoro (Estrada São Pedro de Alcântara, 2.020, Vila Militar)

Programação:
14h - Visita ao Ginásio de Judô
14h30 - Visita ao Centro de Hóquei
15h - Coletiva de Imprensa sobre o PentaJovem e entrega do certificado da Bolsa Pódio à Yane
16h - Encerramento

Contato: Sueli Scutti (11) 96920-2882


VEJA TAMBÉM

Projeto PentaJovem: Formando outras Yanes
Brasileiro será no Parque Olímpico de Deodoro, RJ

CBPM abre credenciamento para Brasileiro de 2013

 

 

« Voltar