Notícias

27/07/2019 21:20Ieda Guimarães conquista vaga para Tóquio 2020


Carioca garantiu participação nos Jogos do Japão ao ficar em quarto lugar na disputa individual feminina dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019

O Pentatlo Moderno brasileiro foi o responsável pela conquista da primeira vaga do Time Brasil para Tóquio 2020 nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. A façanha foi alcançada pela carioca Ieda Guimarães, 18, ao ficar em quarto lugar na disputa individual da modalidade no torneio, no sábado, 28. A vaga de Ieda foi garantida por ela ter sido a melhor sul-americana na disputa, depois de somar 1.307 dentre as 32 competidoras.

No masculino, disputado neste domingo, 28, o Brasil também teve a chance de conquistar uma das vagas, mas Guatemala, Cuba, Chile, Argentina e Estados Unidos levaram a melhor. No feminino, alem do Brasil, México, Estados Unidos, Equador e Cuba se classificaram para as Olimpíadas do Japão.

Ao todo, Lima 2019 distribuiu 10 vagas do Pentatlo Moderno para Tóquio 2020, cinco para cada evento individual. Destas, duas estavam destinadas aos melhores países das Américas Central e Norte, outras duas para os mais bem colocados dentre os sul-americanos e a quinta para o melhor dentre todos os países que não tivesse se classificado. Cada país só pôde conquistar uma vaga em cada evento.

“Todos competiram em alto nível para tentar se qualificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Foi importante ver muitos países das Américas participarem, um grande aumento em relação aos Jogos Pan-Americanos anteriores, em Toronto”, destacou o presidente da União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM), o alemão Klaus Schormann.

Os 10 classificados para Tóquio 2020 em Lima 2019 vão se juntar aos outros quatro pentatletas que já garantiram a vaga em classificações anteriores: os campeões africanos Haydy Morsy e Sherif Nazeir, do Egito, e os campeãs da Final da Copa do Mundo, a medalhista de ouro em Londres 2012, a lituana Laura Asadauskaite, e o inglês Joseph Choong.

Quero destacar também os grandes cavalos que foram apresentados para a competição e também a instalação aqui em Lima, que é incrível. Estamos muito felizes que estes Jogos Pan-Americanos tenham sido um grande sucesso para o povo de Lima, Peru, toda a sociedade olímpica sul-americana e também para nossa união”, enfatizou o presidente da UIPM.

As próximas qualificações do Pentatlo Moderno para Tóquio 2020 vão acontecer no Campeonato Europeu, de 6 a 11 de agosto, na Inglaterra, que vai classificar 16 pentatletas; e no Mundial, de 2 a 8 de setembro, na Hungria, que terá seis vagas.

MULHERES

Além da Ieda, na disputa individual feminina em Lima 2019, o Brasil também esteve representado por Isabela Abreu, 24, que ficou em sexto com 1.286 pontos, e Priscila Oliveira, 30, que foi a 11ª com 1.232 pontos. Todos os competidores encararam as provas no Lima Convention Center (esgrima tradicional) e na Escola Militar de Chorrillos (natação, esgrima bônus, hipismo e laser-run).

Para chegar ao quarto lugar, Ieda começou a disputa pela esgrima tradicional na sexta, 26, quando teve 22 vitórias e nove derrotas, que foram convertidas em 250 pontos. Na luta com a espada, Isabela teve 18 vitórias, garantindo 229 pontos, e Priscila venceu 15 lutas (201).

As disputas de sábado começaram pela natação, quando Priscila cravou os 2min19s98 nos 200 metros estilo livre, que lhe asseguraram 271 pontos. Isabela nadou em 2min22s29 (266) e Ieda em 2min29s68 (251).

Na esgrima bônus, Priscila venceu três duelos, somando três pontos. Ieda e Isabela não pontuaram na prova.

No hipismo, Ieda perdeu apenas sete pontos, completando os saltos com o cavalo em 1min06s05, que lhe asseguraram 293 pontos. Isabela foi penalizada com 21 pontos, saltando em 1min17s41 (173), e Priscila em 35 ao terminar a prova em 1min36s84.

No laser-run, Isabela finalizou as quatro séries de 800 metros estilo livre intercaladas com cinco acertos em 13min02s, que foram convertidos em 518 pontos. Ieda cruzou a linha de chegada em 12min07s (513) e Priscila em 13mins28 (492).

A campeã individual feminina foi a mexicana Mariana Arceo, que somou 1.392 pontos. A prata ficou com a norte-americana Samantha Archterberg (1.338) e o bronze com a cubana Leydi Laura Moya (1.327).

MASCULINO

Na disputa individual masculina, o Brasil esteve representado por Felipe Nascimento, 26, que ficou em sétimo com 1.428 pontos, e Danilo Fagundes, 31, em 12º (1.392).

Assim como as mulheres, eles começaram a disputa na sexta com a esgrima tradicional. Felipe teve 20 vitórias e 11 derrotas na prova, que lhe asseguraram 236 pontos, e Danilo 19 vitórias (229).

Na natação, Felipe cravou 2min06s60, garantindo 297 pontos; e Danilo 2min09s78 (291).

Na esgrima bônus, Danilo teve uma vitória. Já Felipe não pontuou.

No hipismo, Felipe perdeu 21 pontos, terminando o percurso em 67s80, que lhe asseguraram 279 pontos. Danilo foi penalizado com 47 pontos, ao completar a prova em 1min31s90 (253).

No laser-run, Danilo cruzou a linha de chegada em 11min22s, convertidos em 618 pontos; e Felipe em 11min24s (616).

O grande campeão da prova foi o guatemalteco Charles Fernandez, que somou 1.492 pontos. A prata foi para o chileno Esteban Bustos, que fez 1.482 pontos, e o bronze para o argentino Sergio Villamayor (1.469).

REVEZAMENTOS

As disputas do Pentatlo Moderno nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 continuam nesta segunda, 30, com os revezamentos feminino e masculino, e na terça, 30, com o revezamento misto.

A chefe da delegação do Pentatlo Moderno brasileiro em Lima é Ana Luísa Almeida. Com o apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), ela está acompanhada do coordenador-técnico da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) no Rio de Janeiro, Fábio Corrêa, e do Mestre D’Armas Guilherme Giffoni. Para reforçar a preparação técnica dos pentatletas, a CBPM enviou ao Peru o instrutor de hipismo Erick Nascimento.

Dos cinco pentatletas que viajaram ao Peru, Danilo e Ieda foram revelados no PentaJovem-RJ, projeto que a CBPM mantém para a descoberta e formação de novos nomes na modalidade. Priscila e Felipe são do CT da CBPM em Pernambuco e Isabela é do Colégio Militar de Curitiba (CMC).

Todos eles recebem o benefício da Bolsa Atleta, do Ministério da Cidadania. Felipe e Priscila também integram o programa Time PE, do Governo do Estado de Pernambuco. Além de Isabela, Felipe também é militar, fazendo parte da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), como Terceiro Sargento.

CLASSIFICADOS PARA TÓQUIO 2020

Feminino
Ieda Guimarães (Brasil)
Leydi Laura Moya (Cuba)
Lourdes Marcela Cuaspud (Equador)
Mariana Arceo (México)
Samantha Achterberg (EUA)

Masculino
Amro Elgerizy (EUA)
Charles Fernandez (Guatemala)
Esteban Bustos (Chile)
Lerter Ders (Cuba)
Sergio Villamayor (Argentina)

 

« Voltar