Notícias

26/11/2018 10:22Pan-Americano valerá vagas para Lima 2019


Brasil estará representado por 8 pentatletas no torneio que vai desta quarta, 28, a domingo, 2/12, na capital do Peru e valerá como evento-teste para o torneio do ano que vem

O Brasil estará muito bem representado no Campeonato Pan-Americano de Pentatlo Moderno, que começa nesta quarta-feira, 28, em Lima, no Peru. São oito pentatletas ao todo: Danilo Fagundes, 30, Felipe Nascimento, 25, Victor Aguiar, 21, e William Muinhos, 25, no masculino; e Ieda Guimarães, 18, Isabela Abreu, 23, Priscila Oliveira, 30, e Stephany Saraiva, 23, no feminino. Eles são os quatro mais bem colocados nos rankings nacionais feminino e masculino da modalidade

Até domingo, 2 de dezembro, além das 15 medalhas que serão distribuídas no torneio, nossa delegação vai competir de olho nas vagas que serão distribuídas para os Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Além disso, a competição também servirá de evento-teste do Pentatlo Moderno para o evento do ano que vem na capital peruana.

A disputa nesta quarta começará pela qualificação masculina. “A temporada de 2018 foi uma temporada de crescimento. Pela primeira vez consegui fazer um ano estável na natação e consegui evoluir minha corrida e minha esgrima. Então, minha expectativa é fazer uma boa prova”, avalia o líder do ranking nacional, William Muinhos.

Desde meados de fevereiro, o carioca mora na França para aperfeiçoar seu treinamento no país europeu. Ao longo da temporada, ele participou de cinco torneios internacionais em quatro continentes até agora Esteve no Egito para a primeira etapa da Copa do Mundo (março), nos Estados Unidos para a segunda (abril), na Hungria para a terceira (maio) e para o Mundial Militar (setembro), e no Japão para o Open da Ásia (junho), por exemplo.

“Os treinos para o Pan seguiram o planejamento normal. Após o Open do Japão tive ainda uma semana de treino forte, depois comecei a descansar um pouco o corpo. Agora, espero fazer uma boa esgrima, nadar bem, combinar bem, sem pensar necessariamente em uma colocação. Quero melhorar meu resultado e, se possível, ajudar a equipe a classificar três atletas para os Jogos Pan-Americanos do ano que vem”, projeta,

Vagas

O Pan do Peru será a terceira seletiva do Pentatlo Moderno para os Jogos Pan-Americanos Lima 2019. A primeira aconteceu nos Jogos Sul-Americanos Cochabamba 2018, em maio, na Bolívia, onde garantimos uma vaga. A segunda qualificação foi para os países da América Central e foi realizada nos Jogos da América Central e do Caribe, em julho, na Guatemala.

Como os Estados Unidos e o Canadá não participam dos dois torneios regionais, eles já garantiram uma vaga em cada evento dos Jogos do ano que vem. Peru, como país-sede, já tem reservadas duas vagas (quatro ao todo).

Pentatleta olímpico de Rio 2016, Felipe Nascimento avalia a temporada como de resultados crescentes. Além de competições nacionais, o pernambucano esteve em outras quatro mundiais: a primeira etapa da Copa do Mundo, no Egito (março), o Mundial Militar, na Hungria (setembro) e os opens da Polônia (junho) e da Alemanha (julho).

“Mesmo o Pan do Peru sendo uma competição muito importante, não estou me pressionando tanto. Tento não pensar muito na prova antes para não ficar ansioso. Sigo apenas treinando, fazendo o que tem que ser feito atualmente para quando chegar no dia apenas colocar em prática tudo o que sei, tudo o que treinei, buscando fazer o melhor de mim para ter um excelente resultado”, reforça.

Assim como William e Felipe, o atual tricampeão Brasileiro Danilo Fagundes vai chegar ao Pan do Peru depois de ter participado de torneios internacionais: a primeira etapa da Copa do Mundo e o Mundial Sênior, em setembro, no México, além de diversas competições nacionais.

“Esse ano foi um ano bem corrido, de muito trabalho e experiências quem vêm dando certo. Os treinos para essa prova foram bem técnicos e, como sempre, espero fazer a melhor prova possível. Vamos com tudo”, anima-se o carioca.

Cotas

De acordo com o sistema de qualificação, os Jogos Pan-Americanos Lima 2019 terão 64 atletas ao todo (32 homens e 32 mulheres). O torneio terá eventos individuais e o revezamento misto. Pelas regras, cada país poderá ter no máximo três representantes por gênero no torneio.

No Pan desta semana vão estar em jogo duas vagas. A primeira vaga será destinada a cada país pela classificação geral. Se mesmo assim, não for atingido o limite de 32 vagas (somando com as distribuídas nas primeira e segunda qualificações), a terceira vaga será destinada aos países mais bem colocados na mesma relação.

Depois da qualificação masculina, nesta quarta, as mulheres vão encarar a final feminina direto, na quinta, 29. Dentre as nossas representantes, Priscila Oliveira se destaca na liderança do ranking nacional e como a atual campeã Brasileira.

A pernambucana conta que a atual temporada foi de poucas competições, mas de “muita avaliação”. “Sempre podemos melhorar. Os treinamentos foram intensos e focados para essa competição tão importante. Quero competir forte e representar da melhor forma o Brasil”, destaca.

Vice-líder do ranking nacional, Stephany Saraiva também espera ter o resultado que reflita os treinos. “Esse ano eu pude competir um pouco mais. Não esquecendo que ainda temos mais uma competição em dezembro (o Brasileiro), aí sim terminamos a temporada. Irei fazer o que eu treinei e o resto é consequência”, afirma.

Atleta em ascensão

Uma das mais jovens no Pentatlo Moderno dentre os atletas da nossa delegação no Peru, Isabela Abreu já vem se destacando entre os principais nomes da modalidade no país, tanto que é a terceira colocada no ranking nacional. Neste ano, a paranaense esteve em duas competições internacionais na Hungria: os mundiais Universitário (julho) e Militar (setembro).

“Acredito que a temporada foi bastante produtiva, pois consegui melhorar os aspectos técnicos que resultaram na melhoria dos meus índices pessoais”, destaca, dizendo que o planejamento do ano contou com um camp-taining duradouro na Hungria, onde pode ter mais contato com os pentatletas europeus.

No Pan do Peru ela espera antes de tudo dar o melhor de si. “Por isso encaro todas as provas com as melhores expectativas de obter um bom resultado. Especificamente neste Pan, espero representar bem o Brasil, pois determinação e vontade de vencer não irão me faltar”, diz, entusiasmada.

Dentre os oito brasileiros que vão participar do torneio em Lima, seis deles (Danilo, Felipe, Ieda, Victor, Stephany e William) foram revelados no PentaJovem, projeto que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) mantém para a descoberta e formação de novos nomes na modalidade. Todos os oito recebem o benefício da Bolsa Atleta, do Ministério do Esporte.

Alguns deles ainda fazem parte do Desporto Militar do Brasil. Isabela é da Comissão de Desportos do Exército (CDE), Victor e Stephany da Comissão de Desportos da Marinha (CDM) e William e Felipe da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA).

PAN DO PERU DE PENTATLO MODERNO

Quarta-feira (28 de novembro): Qualificação masculina
Quinta-feira (29 de novembro): Final feminina
Sexta-feira (30 de novembro): Final Masculina
Sábado (1º de dezembro): Revezamentos feminino e masculino
Domingo (2 de dezembro): Revezamento misto

DELEGAÇÃO BRASILEIRA

Masculino
Danilo Fagundes: 30 anos
Felipe Nascimento: 25 anos
William Muinhos: 25 anos
Victor Aguiar: 21 anos

Feminino
Priscila Oliveira: 30 anos
Isabel Abreu: 23 anos
Stephany Saraiva: 23 anos
Ieda Guimarães: 18 anos

 

« Voltar