Notícias

08/07/2018 13:05Isabela Abreu disputa o revezamento de Mundial


Brasileira competiu ao lado do alemão Robin Schmidt e ficou em 11º na prova mista do Mundial Universitário

Depois de participar da disputa individual da primeira edição do Campeonato Mundial Universitário de Pentatlo Moderno, onde ficou em 12º, Isabela Abreu esteve presente no revezamento misto do torneio. No evento realizado no sábado, 7, em Budapeste, na Hungria, a paranaense terminou em 11º depois de somar 1.219 pontos. Ela, que tem 23 anos, participou da prova ao lado do alemão Robin Schmidt, também de 23, já que foi a única brasileira na competição.

Isabela, que cursa o último ano de Engenharia Elétrica na Universidade Federal do Paraná (UFPR), e os demais competidores do Mundial da Hungria encararam as provas na National University of Public Service. Diferentemente das disputas individuais do torneio, o revezamento contou com o hipismo, que também esteve presente no evento por equipes, que encerrou a competição neste domingo, 8.

Na prova de sábado, Isabela e o alemão Schmidt completaram os 200 metros estilo livre da natação em 2min06s32, convertidos em 298 pontos. Na luta com a espada da esgrima, eles somaram 190 pontos. Nos saltos com o cavalo, garantiram 197 pontos. Já nas quatro séries de 800 metros de corrida intercaladas com cinco acertos de tiros a laser no alvo do laser-run conquistaram 534 pontos, depois de cravar os 12min46s09 na prova.

O pódio do revezamento do Mundial Universitário da Hungria foi encabeçado pelos poloneses Marta Kobecka e Lukasz, que somaram 1.447 pontos. A prata foi para os russos Kseniia Fraltsova e Nikolai Matveev, que acumularam 1.445; e o bronze para os egípcios Sondos Aboubakr e Sherif Nazeir, com 1.438 pontos.

Egito no topo do quadro de medalhas

No evento por equipes que encerrou a competição neste domingo, os egípcios Sherif Rashad, Sherif Nazeir, Haydy Morsy e Ahmed Elgendy ficaram com o ouro depois de somar 1.463 pontos. Os italianos Riccardo Agazzotti, Alessandro Colasanti, Emma Rinaudo e Roberto Micheli foram prata com 1.454 pontos; e os poloneses Maciej Dukielski, Daniel Lawrynowicz, Marta Kobecka e Lukasz Gutkowski o bronze com 1.407 pontos.

O Egito terminou o quadro-geral de medalhas do Mundial da Hungria em primeiro lugar com quatro medalhas ao todo (um ouro, uma prata e dois bronzes). A Polônia ficou em segundo com um ouro, uma prata e um bronze e a Itália em terceiro com um ouro e uma prata. França, Rússia e República Tcheca conquistaram uma medalha cada.

Assim como vários pentatletas brasileiros, Isabela Abreu recebe o benefício da Bolsa Atleta do Ministério do Esporte. Ela também faz parte do Programa de Alto Rendimento do Exército Brasileiro como Terceiro Sargento da Comissão de Desportos do Exército (CDE).

 

« Voltar