Notícias

03/07/2018 10:08Isabela Abreu é o Brasil no Mundial Universitário


Competição começará nesta quarta, 4, e vai até domingo, 8, em Budapeste, na Hung
ria

Membro da Federação Internacional do Esporte Universitário (Fisu, em inglês) desde 2014, o Pentatlo Moderno vai estrear no Campeonato Mundial da entidade nesta quarta-feira, 4. O pontapé inicial vai acontecer no Mundial Universitário de Pentatlo Moderno, que será disputado até domingo, 8, em Budapeste, na Hungria. O Brasil estará presente neste momento ímpar da modalidade olímpica, sendo representado por Isabela Abreu, 23.

Vice-líder do ranking nacional, Isabela chega ao Mundial Universitário da Hungria cursando o último ano de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Paraná (UFPR). E por que será que a pentatleta optou por ser uma futura engenheira elétrica? Ela aponta a facilidade com matemática e física como um dos motivos.

“O curso de Engenharia Elétrica tem uma grade curricular muito ampla e diversas opções no mercado de trabalho. Isso ajudou na minha escolha, pois quando fui definir o curso, ainda não sabia em qual área gostaria de atuar”, ela conta.

Praticante do Pentatlo Moderno desde 2014, Isabela tem um rápido desenvolvimento na modalidade. Em setembro do ano passado, a paranaense representou o Brasil no Mundial Militar, na Polônia, e em dezembro esteve no Sul-Americano, na Bolívia, onde ficou em sexto na disputa individual e foi prata por equipes, ao lado de Priscila Oliveira e Bianca Cavalcanti.

Em maio passado, ela foi a grande campeã da primeira edição da Copa Parque Olímpico de Tetratlo Moderno, realizada no coração dos Jogos Rio 2016.

Quase 20 países

A edição de estreia do Pentatlo Moderno no Mundial Universitário vai contar com atletas de 19 países. Das Américas, além do Brasil, apenas o México também estará presente. As demais nações que terão representantes são Alemanha, Áustria, Austrália, Dinamarca, Egito, Eslováquia, França, Irlanda, Japão, Letônia, Polônia, República Tcheca, Rússia e Suíça.

Diferentemente dos principais mundiais da modalidade, as disputas individuais na Hungria terão quatro das cinco provas do esporte. Isabela e as demais competidoras vão encarar a natação, a esgrima e o laser-run; apenas o hipismo ficará de fora. A prova de saltos com o cavalo, compondo o formato tradicional do Pentatlo Moderno, estará presente no revezamento misto e no evento por equipes do torneio.

“Por ser o primeiro Mundial Universitário do Pentatlo, será uma grande oportunidade para que eu possa avaliar o meu desempenho, além de representar o Brasil como universitária”, Isabela defende. “Como a Hungria tem uma diferença de cinco horas no fuso-horário, cheguei bem antes para ter um período de adaptação antes da competição”, ela acrescenta, sobre ter desembarcado no país europeu no último sábado, 30 de junho.

Na Hungria, Isabela e as demais competidoras vão encarar as provas na National University of Public Service. Ela conta que a preparação para o torneio foi feita com base no planejamento para toda a temporada e diz que está se empenhando ao máximo nos treinamentos.

“A expectativa de todo atleta é obter sempre a melhor classificação, mas é importante estar satisfeito com o desempenho durante a prova. Como será o primeiro Mundial da categoria ainda é cedo para poder fazer uma avaliação do nível dos atletas. Meu objetivo será sempre o de chegar ao pódio”, a brasileira projeta.

Isabela recebe o benefício da Bolsa Atleta do Ministério do Esporte. A pentatleta também faz parte do Programa de Alto Rendimento do Exército Brasileiro como Terceiro Sargento da Comissão de Desportos do Exército (CDE).

MUNDIAL UNIVERSITÁRIO DA HUNGRIA

Quarta (4 de julho): Disputa masculina
Quinta (5 de julho): Disputa feminina
Sexta (6 de julho): Dia cultural
Sábado (7 de julho): Revezamento misto
Domingo (8 de julho): Disputa por equipes

 

« Voltar