Notícias

07/06/2018 20:20Ieda Guimarães é bronze em Cochabamba 2018


Na disputa masculina, Victor Aguiar ficou a oito pontos da medalha, terminando em quarto

O Brasil foi bronze na disputa feminina do Pentatlo Moderno nos Jogos Sul-Americanos Cochabamba, nesta quarta-feira, 6. Ieda Guimarães, 17, conquistou o terceiro lugar da disputa depois de somar 1.143 pontos no evento que reuniu 12 competidoras de seis países (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador e Peru). Na prova masculina, nesta quinta, 7, Victor Aguiar, 20, ficou a oito pontos do bronze, ao somar 1.310 pontos.

As disputas da modalidade olímpica na competição acontecem no Centro Aquático GAMC (natação), no Feicobol Bandeira Europeia (esgrima) e no Country Club Cochabamba (hipismo e laser-run).

Ieda começou seu evento na quarta colocação com o sexto melhor tempo na natação. Nos 200 metros estilo livre da prova, ela cravou os 2min37s81, convertidos em 235 pontos. Na esgrima, a carioca teve o terceiro melhor desempenho, após vencer 19 duelos e somar 266 pontos. No hipismo, ela teve a quinta melhor apresentação nos saltos com o cavalo, que lhe garantiram 286 pontos. No laser-run, ela terminou as quatro séries de 800 metros de corrida, intercaladas com cinco acertos de tiro no alvo no quinto tempo, 15min44 (356 pontos).

A Argentina fez dobradinha na prova, com o ouro ficando com a experiente Iryna Khokhlova, que teve 1.202 pontos, e a prata com Ayelen Zapata (1.191 pontos).

Mais dobradinha

No evento masculino, o Chile foi o dono da dobradinha, com o primeiro lugar indo para Esteban Bustos, com 1.382 pontos, e a prata para Benjamin Jaque (1.336 pontos). O bronze foi do argentino Sergio Villamayor (1.318 pontos).

A prova entre os homens reuniu 20 competidores de nove países (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela).

Para ficar em quarto, Victor começou a disputa em sexto na natação, depois de cravar 2min14s17 e garantir 282 pontos. Na esgrima, o carioca venceu 14 duelos, convertidos em 259 pontos; e no hipismo somou 258 pontos. No laser-run, ele fez o quarto melhor tempo, 13min09s (511).

Ieda e Victor vão participar do último evento do Pentatlo Moderno em Cochabamba 2018, nesta sexta, 8. Na ocasião, os brasileiros vão competir juntos no revezamento misto.

Tanto Ieda quanto Victor recebem o benefício da Bolsa Atleta do Ministério do Esporte. Ele ainda faz parte do programa de alto rendimento da Marinha Brasileira, como Terceiro Sargento.

Em outubro, Ieda também vai representar o Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, na Argentina.

 

« Voltar