Notícias

03/06/2018 20:35Felipe Nascimento é o 21º no Open da Polônia


Brasileiro foi um dos 36 competidores da disputa masculina, que aconteceu neste fim de semana, na cidade de Drzonków

O Brasil esteve presente no Campeonato Polonês Open de Pentatlo Moderno, disputado neste fim de semana, em Drzonków, na Polônia. Felipe Nascimento, 24, foi um dos 58 competidores dos 13 países presentes na competição. O pernambucano ficou em 21º com 1.345 pontos, dentre os 36 atletas do evento masculino.

O ouro da prova foi para o tcheco Jan Kuf, que conquistou 1.495 pontos. A dona da casa ficou com a prata e o bronze, com Sebastian Stasiak (1.472 pontos) e Daniel Lawrynovicz (1.459 pontos), respectivamente.

Todos os competidores do Open da Polônia encararam as provas da modalidade olímpica no Centro Esportivo Wojewódzki. Do continente americano, além de Felipe, o evento masculino contou os guatemaltecos Charles Fernandez, campeão Mundial Júnior de 2016 e ouro nos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015, e Imeri Jorge; e o mexicano Emiliano Hernandez. Além da Guatemala, México, da campeã República Tcheca e do país anfitrião, a prova também contou com a África do Sul, Alemanha, Áustria, França, Irlanda e Suécia,

A disputa masculina começou no sábado, 2, pela natação. Nos 200 metros estilo livre, Felipe cravou os 2min07s98, fazendo o 10º melhor tempo da prova, que lhe assegurou 295 pontos. Na esgrima, o brasileiro ganhou 18 dos 35 duelos, garantindo 208 pontos. No laser-run, ele terminou as quatro voltas de 800 metros de corrida, intercaladas com cinco séries de acertos de tiro a laser no alvo em 11min39s25 (601 pontos).

No domingo, 3, os competidores enfrentaram apenas o hipismo. Nos saltos com o cavalo, Felipe garantiu 241 pontos.

“Gostei da natação, a esgrima poderia ser melhor, infelizmente uma queda no hipismo me tirou cinco posições e o laser-run foi bom. No final, o resultado ficou bem abaixo do esperado, mas agora é cabeça erguida e seguimos na luta”, Felipe, que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, avalia seu desempenho na Polônia.

Guatemala rouba a cena

Assim como no evento masculino, a prova entre as mulheres foi dividida entre o sábado e o domingo, com apenas o hipismo sendo realizado no segundo dia. Na disputa entre elas, a Guatemala roubou a cena ao conquistar o ouro com Sofia Cabrera, que somou 1.371 pontos. A prata ficou com a polonesa Anna Maliszewska (1.345 pontos) e o bronze com a australiana (Marina Carrier). A prova feminina reuniu 22 competidoras de sete países.

No domingo, também teve o revezamento misto e mais uma vez a Guatemala foi ao pódio, conquistando o ouro e o bronze da disputa. No evento, Charles Fernandez e Isabel Brand ficaram no lugar mais alto do pódio (1.431 pontos) e Imeri Jorge e Ximena Dieguiz com o terceiro lugar (1.396). A prata ficou com os donos da casa Natalia Dominiak e Szymon Staskiewicz (1.413 pontos).

Com três medalhas (duas de ouro e uma de bronze), a Guatemala foi a grande campeã do Open da Polônia. A República Tcheca foi a vice-campeã com um ouro, a Polônia a terceira colocada com três pratas e um bronze e a Austrália a quarta com um bronze.

 

« Voltar