Notícias

21/08/2008 18:07Yane começa a competir esta noite em Pequim

Yane começa a competir esta noite em Pequim

 

Yane Marques, a única representante brasileira na prova de pentatlo moderno das Olimpíadas, começa na noite (21 h 30 m )  desta quinta em Pequim a sua luta para obter uma boa colocação na prova. A jovem pernambucana, que ano passado venceu os Jogos Pan-Americanos ( foto ao lado durante a prova de hipismo ), disputa pela primeira vez uma Olimpíada. Yane pratica o pentatlo há apenas quatro anos.

 

Ontem pela manhã Yane fez o exame de sangue antidoping juntamente com as outras 35 adversárias que disputarão, pela ordem , as cinco modalidades do pentatlo moderno : o tiro,  a esgrima, a natação o hipismo e a corrida.  Na prova masculina realizada hoje em Pequim,  o russo Andrei Moiseev, com 5.632 pontos, conquistou a medalha de ouro do pentatlo moderno , como aconteceu em Atenas há quatro anos. A prata e o bronze foram para os lituanos Edvinas Krungolcas ( 5.548 pontos)  e Andrejus Zadneprovskis ( 5.524 pontos) , respectivamente. 

 

 

Pentatlo Moderno, prova feminina

Horário das competições

 

Quinta, 21 ( no Brasil ) e sexta ( na China ) , 22 de agosto 2008

Horário  de Pequim

 

Horário brasileiro

 

08h30m –08h50m

Hoje, quinta

 21h 30m – 21h50m

 Tiro

09h50m– 12h40m

22h 50m  - 01h 40m

 Esgrima

 

 

 

14h10m– 14h35m

03h10m – 03h 35m

 Natação

 

 

 

16h30m– 18h20m

05h 30m – 07h 20 m

 

 Equitação

19h – 19h15m

08h – 08h 15m

 

 Corrida

 

NewsPress / Clipping   / GLOBO. esporte.com , quinta ,21 de agosto de 2008
 
  •  
    21/08/08 - 15h19 - Atualizado em 21/08/08 - 15h19

    Com material certificado, Yane Marques faz sua estréia olímpica em Pequim

    Chefe de equipe do pentatlo moderno confia em um bom resultado da medalhista de ouro do Pan do Rio nos Jogos chineses

    Tamanho da letra

     
     

    Com apenas quatro anos de carreira, Yane faz sua estréia olímpica em Pequim

    Os especialistas diziam que eram necessários dez anos para uma atleta do pentatlo moderno chegar ao nível das melhores do mundo. Mas ela ignorou a advertência e, após somente quatro anos de carreira, Yane Marques fará sua estréia olímpica nesta sexta-feira, a partir de 3h30 (horário de Brasília).

    - A Yane vem evoluindo no cenário mundial. O respeito das atletas internacionais por ela é cada vez mais visível. As adversárias a convidam para treinar a fim de estudar seus defeitos e qualidades - comentou o chefe de equipe do pentatlo moderno, João Cerqueira Lima.

    Depois do susto de descobrir que seu material esportivo (óculos de tiro, máscara e espada da esgrima) havia sido danificado pela companhia aérea em sua viagem a Pequim, a medalhista de ouro nos Jogos Pan-americanos Rio de Janeiro e sua equipe estão confiantes em conquistar um bom resultado na China. 

     

    - Se ela repetir a performance do Pan do Rio, certamente ficará com uma boa colocação. Mas, independente da posição que termine, o mais importante é constatarmos uma evolução. Ela é uma atleta de talento e um exemplo de dedicação e profissionalismo - definiu João.

     

    NewsPress / Clipping   / FOLHA DE PERNAMBUCO, quinta ,21 de agosto de 2008

     
     
    Andréa Rêgo Barros/Arquivo Folha
    21/08/2008
    Yane em seu grande dia
    Pernambucana estréia na Olimpíada com a difícil tarefa de conquistar uma medalha no pentatlo moderno
    Atleta passará por uma verdadeira maratona de quase 12 horas de prova  
    LUCIANA MOROSINI
     
    A disputa do pentatlo moderno terá duração de quase 12 horas e promete ser uma prova desgastante, principalmente se levados em consideração a poluição e o calor intenso na capital chinesa. Mas nada disso assusta a pernambucana Yane Marques, única representante brasileira da modalidade na Olimpíada de Pequim. Ela entra em ação hoje, a partir das 21h30 (de Brasília), empolgada com sua estréia nos Jogos. Campeã do Pan do Rio, em julho de 2007, a pentatleta estadual sabe que terá vida mais difícil agora. As européias, que têm mais tradição no pentatlo e são favoritas ao título, estarão na disputa.

     

    Yane Marques tem conhecimento das dificuldades para alcançar um lugar no pódio e tem como expectativa de um bom resultado terminar a competição entre as 16 melhores (de 36 atletas). “Isso já seria um feito histórico”, disse. Mas a pernambucana, de Afogados da Ingazeira (Sertão do Estado), chega a Pequim física e tecnicamente bem e pode surpreender. Ela passou por um período de treinamento intensivo em Bordeaux, na França, e em Seul, na Coréia do Sul, antes de desembarcar na China.

     

    O psicológico, importante principalmente na prova do tiro, que abre a disputa do pentatlo moderno, também está em ordem. Prova disso é que a pernambucana teve parte de seu material de competição danificado nesta semana, durante o vôo para a capital chinesa, e não se deixou abalar. O problema foi solucionado e Yane continuou treinando normalmente.

     

    A maior dificuldade será superar o nervosismo da estréia para atirar bem e começar entre as melhores. Depois vem a esgrima, prova que o Brasil não tem muita tradição, mas que Yane evoluiu bastante. Tanto que no Pan 2007, ela teve o melhor resultado da história na modalidade do pentatlo moderno feminino. Além disso, a pentatleta contará com uma ajudinha técnica. “Tenho o plano de jogo de cada adversária, com detalhes. Já sei o que vou encontrar pela frente”, disse.

     

    A natação, teoricamente, é a prova que Yane mostra mais desenvoltura, por ser nadadora de formação. A equitação é sempre a principal surpresa. Os cavalos são sorteados antes da disputa e a pernambucana tem que contar com a sorte para pegar um bom animal. Na corrida, que encerra a jornada, a pentatleta estadual tem melhorado. “Tenho preparação para segurar a minha colocação”, ressaltou.

     

    Yane sempre diz, antes de uma grande competição, que o resultado final no pentatlo moderno depende muito de como o atleta está no dia. Agora é torcer para que hoje seja o dia da pernambucana brilhar em Pequim.
     
     
    NewsPress / Clipping   / CENTRAL DE WEBJORNALISMO, quinta ,21 de agosto de 2008
     
     
     
    Para escutar clique aqui :
     
    http://www.webjornalismo.com.br/vitrola/?ac=down&n=808212008&au=808212008.mp3&dir=nacional
     

     

    NewsPress / Clipping   / GAZETA ESPORTIVA, quinta ,21 de agosto de 2008
     
    GAZETA
     ESPORTIVA.net
     
    Olimpíadas 2008/
    Yane Marques encerra treinos e faz antidoping


    Pequim (China) - Única representante brasileira na prova de pentatlo moderno das Olimpíadas de Pequim, Yane Marques encerrou nesta quarta-feira em Pequim sua longa preparação para a árdua disputa nos Jogos, que começa às 21h30 (horário de Brasília).

    Ela realizou na Vila Olímpica um treino de natação pela manhã e à tarde fez uma aula de vídeo- esgrima, seguida de leve corrida. A jovem pernambucana, que ano passado venceu os Jogos Pan-Americanos, não se abalou com o problema ocorrido na sua chegada à capital chinesa quando teve destruído parte do seu equipamento de competição.

    Nesta quinta, a atleta faz o exame de sangue antidoping juntamente com as outras 35 adversárias que disputarão, pela ordem, as cinco modalidades do pentatlo moderno: tiro, esgrima, natação, hipismo e corrida.

    Na quarta, o brasileiro Wagner Romão, escolhido para ser o reserva para a prova dos homens, soube oficialmente que não irá competir, visto que não houve qualquer contusão ou desistência entre os 36 inscritos na competição masculina. Romão, primeiro do ranking brasileiro, declarou que já está com a mente nas Olimpíadas de Londres, em 2012.

     

    NewsPress / Clipping   / PURO ESPORTE.COM, quinta ,21 de agosto de 2008
     
    PURO ESPORTE.com

    Yane Marques faz exame antidoping e está pronta para o pentatlo

    (20/08) - Yane Marques, a única representante brasileira na prova de pentatlo moderno das Olimpíadas, encerrou nesta quarta-feira em Pequim sua longa preparação para a árdua disputa de quinta-feira, no horário de Brasília, realizando na Vila Olímpica um treino de natação pela manhã e à tarde uma aula de vídeo- esgrima seguida de leve corrida. 

    A jovem pernambucana, que ano passado venceu os Jogos Pan-Americanos, não se abalou com o problema ocorrido na sua chegada à capital chinesa quando teve destruído parte do seu equipamento de competição .

    Nesta quinta-feira cedo a atleta fará o exame de sangue antidoping juntamente com as outras 35 adversárias que disputarão, pela ordem , as cinco modalidades do pentatlo moderno : o tiro,  a esgrima, a natação o hipismo e a corrida.

    Hoje, o atleta brasileiro Wagner Romão, escolhido pela UIPM para ser o reserva para a prova dos homens, soube oficialmente que não irá competir pois não houve qualquer contusão ou desistência entre os 36 inscritos na competição masculina que será disputada nesta quinta. Romão, primeiro do ranking brasileiro, declarou que já está com a mente nas Olimpíadas de Londres, em 2012.

     
     
     
    NewsPress / Clipping   /  Site FINAL  SPORTS , quinta ,21 de agosto de 2008
     

    A Empresa

     
     
    Outros    
    Yane Marques é a aposta do Brasil no Pentatlo Moderno
     por FS - AI COB

    É difícil estabelecer uma conexão entre a pequena Afogados de Ingazeira, cidade no interior de Pernambuco, e a capital da China. Porém, para Yane Marques, representante única do Brasil no pentatlo moderno em Pequim 2008 e que nasceu no município pernambucano, chegar aos Jogos Olímpicos é a coroação de uma trajetória de superação, que culmina com o momento mais importante de sua carreira.

    Yane começou a praticar a modalidade em 2003. Foi em uma prova de duathlon que conheceu o pentatlo, modalidade que começou a treinar aos 20 anos. Mesmo sem qualquer contato prévio com armas, cavalos e espadas, precisou de poucos meses para conquistar seus primeiros resultados expressivos. Agora, ela chega a Pequim pronta para surpreender mais uma vez.

    Os especialistas dizem ser necessário um período mínimo de dez anos para se igualar aos principais atletas internacionais, mas quatro anos foram mais do que suficientes para que Yane mudasse a história da modalidade no País. Nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, ela obteve a primeira medalha de ouro do Brasil no individual feminino e de quebra classificou-se para os Jogos de Pequim.

    Os principais resultados de Yane são o tricampeonato brasileiro (03/04/05) e sul-americano (04/05/06) além do título do Campeonato da Nocerca (Confederação das Américas do Norte, Central e do Caribe) em 2005, na Guatemala, e medalha de prata, em 2006, em Cuba. Na Copa do Mundo no México, em março de 2008, terminou em 11º lugar.

    "A Yane vem evoluindo no cenário mundial. O respeito das atletas internacionais por ela é cada vez mais visível. As adversárias a convidam para treinar a fim de estudar seus defeitos e qualidades. A preparação para os Jogos Olímpicos foi feita da melhor maneira possível. Participamos das principais competições internacionais, fizemos testes físicos, científicos e acertamos a contratação do técnico francês, que aprimorou ainda mais a técnica da atleta", comentou o chefe de equipe João Cerqueira Lima.

    A rápida evolução de Yane já garantiu a ela reconhecimento no cenário esportivo internacional.

    "Se ela repetir a performance do Pan no Rio, certamente ficará com uma boa colocação. Mas, independente da posição que termine, o mais importante é constatarmos uma evolução. Ela é uma atleta de talento e um exemplo de dedicação e profissionalismo", definiu João.

    A modalidade começa com o tiro, prova em que cada competidor dá 20 disparos com pistola de ar, a uma distância de 10 metros do alvo. A esgrima vem em seguida, com a disputa da espada. Depois, os competidores caem na piscina para os 200m livre. Já no hipismo, enfrentam percurso de 350 metros com 12 obstáculos.

    Ao fim dessas quatro disciplinas, soma-se a pontuação de cada atleta para definir a ordem de largada para a corrida de 3.000 metros, última prova do programa. Cada atleta larga separadamente, a intervalos que variam de acordo com a colocação na soma dos pontos. O competidor que cruzar primeiro a linha de chegada é o vencedor.
    NewsPress / Clipping atrasado   / blog da  CHEMTECH, quinta ,21 de agosto de 2008
     

    Chemtech Pequim 2008

    Informaçõesem primeira mão sobre o que está acontecendo nas Olimpíadas de Pequim

    Yane aprimora técnica em Seul e é a última a ingressar na Vila Olímpica

    Yane Marques cumpre em Seul, na Coréia do Sul, o seu treinamento final para a prova de pentatlo nas Olimpíadas , no próximo dia 22,  dedicando-se especialmente  à esgrima, modalidade pouco difundida no Brasil, mas muito praticada pelas suas principais adversárias em Pequim, as pentatletas européias. Os treinamentos foram realizados na Universidade de Educação Física de Seul, onde treinam também os pentatletas da Coréia, do Egito, da França, do Canadá, Alemanha, Hungria e da Guatemala.
     
    “O treino com estas equipes é excelente porque possibilita um bom polimento para a Yane, especialmente na  esgrima, pois ela está praticando contra os seus adversários nos Jogos Olímpicos”, disse João Gustavo Cerqueira-Lima, diretor técnico da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM)  que está acompanhando de perto todo o treinamento da atleta campeã pan-americana e do sergipano Wagner Romão, que será reserva oficial em Pequim.  Domingo, 17 de agosto, Yane deixa Seul e vai para Pequim, sendo a última atleta brasileira a ingressar na Vila Olímpica.

    Yane é a última atleta a chegar à Vila Olimpica

    Yane é a última atleta a chegar à Vila Olímpica

    « Voltar