Imprensa

Notícias

Tudo OK com equipamento da Yane em Pequim ( ouça)19/08/2008 10:49

Yane leva susto em Pequim com equipamento danificado mas já treina com o  novo material 

Atleta ficou feliz por encontrar a sua mãe, a quem não via há mais de um mês 

Após o susto do desembarque em Pequim procedente de Seul, quando ficou sabendo que parte do seu material esportivo( óculos de tiro, máscara e espada da esgrima entre outros ) com que competirá no pentatlo foi danificado pela companhia aérea, a brasileira Yane Marques não se abalou e  está treinando normalmente na capital chinesa pois um novo material foi colocado à sua disposição pelo chefe da equipe, Alberto Cerqueira-Lima. .  -Felizmente já está tudo solucionado e a Yane está com todo o material em ótimas condições para competir – afirmou o dirigente que elogiou a tranqüilidade da pentatleta no episódio. Hoje pela manhã Yane treinou natação e tiro já nos próprios locais da competição e à  tarde se encontrou com sua mãe, Maria Gorete Marques, que viajou de Recife para  Pequim  para torcer pela filha , da mesma forma como ocorreu  nos Jogos Pan-Americanos do ano passado no Rio .  A  UIPM – União Internacional de Pentatlo Moderno – apresentou hoje às delegações os cavalos que os pentatletas competirão na prova de hipismo mas a listagem oficial dos mesmos sairá amanhã ocasião em que Wagner Romão, pentatleta reserva da prova masculina ,ficará sabendo se terá possibilidade ou não de competir no caso de alguma contusão dos 36 atletas  oficialmente inscritos nas Olimpíadas.

NewsPress / Clipping   / CENTRAL DE WEBJORNALISMO, quarta ,20 de agosto de 2008
Clique aqui para ouvir :
20/08/08 - Pentatlo Moderno: Yane leva susto em Pequim com equipamento danificado, mas já treina com novo material. - Alexandre Salvador
NewsPress / Clipping   / GLOBO ESPORTE.COM , terça ,19 de agosto de 2008

19/08/08 - 20h01 - Atualizado em 19/08/08 - 20h01

Yane leva susto com equipamento danificado, mas já treina em Pequim

Pentatleta ganha novo material esportivo e recebe apoio da mãe

GLOBOESPORTE.COM Pequim

 

Pentatleta Yane Marques chega a Pequim para a disputa dos Jogos Olímpicos

Após o susto do desembarque em Pequim, quando ficou sabendo que parte do seu material esportivo (óculos de tiro, máscara e espada da esgrima) havia sido danificada pela companhia aérea, a brasileira Yane Marques não se abalou e treinou normalmente na capital chinesa. Um novo material foi colocado à sua disposição pelo chefe da equipe, Alberto Cerqueira-Lima.
- Felizmente já está tudo solucionado e a Yane está com todo o material em ótimas condições para competir - afirma o dirigente, que elogiou a tranqüilidade da pentatleta no episódio. 

Pela manhã, Yane treinou natação e tiro nos próprios locais de competição e à tarde se encontrou com a sua mãe, Maria Gorete Marques, que viajou de Recife a Pequim para torcer pela filha.

Também nesta terça, a União Internacional de Pentatlo Moderno apresentou às delegações os cavalos que os atletas competirão na prova de hipismo. No entanto, a listagem oficial sairá somente na quarta.

NewsPress / Clipping   / JB ONLINE , terça ,19 de agosto de 2008

Brasileira reclama que teve equipamento danificado em Pequim

Celso Paiva, Portal Terra

PEQUIM - Após o sumiço da vara de Fabiana Murer, mais uma vez uma brasileira teria sido prejudicada com seu equipamento na chegada em Pequim. Yane Marques, do pentatlo moderno, desembarcou na capital chinesa e viu que sua mala estava aberta e rasgada.

A atleta e o chefe da delegação João Cerqueira Lima vieram de Seul, onde passaram um período de treinamento. No dia 17, quando desembarcaram em Pequim, observaram que a mala estava aberta e com o equipamento danificado. A espada e a máscara sem condições de uso.

- Ou caiu de uma altura grande ou um carro passou por cima, afirmou Cerqueira, que pediu indenização a uma companhia aérea e recebeu US$ 1 mil.

Yane e o chefe da delegação compraram algumas peças para consertar a espada e resolveram o problema. Cerqueira afirmou que a atleta não se abalou com o fato.

- Ela está com a cabeça boa e esse fato não vai atrapalhar na competição, afirmou.

[19/08/2008 :: 08:24]

NewsPress / Clipping   / PORTAL TERRA , terça ,19 de agosto de 2008
TERRA

Últimas notícias

Terça, 19 de agosto de 2008, 08h10 Atualizada às 08h14

Brasileira reclama que teve equipamento danificado em Pequim

Celso Paiva
Direto de Pequim

Após o sumiço da vara de Fabiana Murer, mais uma vez uma brasileira teria sido prejudicada com seu equipamento na chegada em Pequim. Yane Marques, do pentatlo moderno, desembarcou na capital chinesa e viu que sua mala estava aberta e rasgada.

A atleta e o chefe da delegação João Cerqueira Lima vieram de Seul, onde passaram um período de treinamento. No dia 17, quando desembarcaram em Pequim, observaram que a mala estava aberta e com o equipamento danificado. A espada e a máscara sem condições de uso.

"Ou caiu de uma altura grande ou um carro passou por cima", afirmou Cerqueira, que pediu indenização a uma companhia aérea e recebeu US$ 1 mil.

Yane e o chefe da delegação compraram algumas peças para consertar a espada e resolveram o problema. Cerqueira afirmou que a atleta não se abalou com o fato.

"Ela está com a cabeça boa e esse fato não vai atrapalhar na competição", afirmou.

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes.

NewsPress / Clipping   / portal G1, da GLOBO , terça ,19 de agosto de 2008

 

G1 o portal de notícias da Globo 

19.08.2008

Pentatleta supera problemas com equipamento no aeroporto de Pequim

 

Além da Fabiana Murer, outra brasileira também teve problemas inacreditáveis com o equipamento. Foi Yane Marques, do pentatlo moderno.

Reportagem: César Tralli (Pequim)

A única brasileira no pentatlo moderno, Yane Marques, já desembarcou em Pequim travando um duelo feroz com a empresa aérea da China. A bagagem dela foi atropelada na pista a caminho do saguão do aeroporto. Não sobrou nada inteiro. "Achamos que o carro passou por cima da minha mala. Quebrou máscara, copo, óculos de tiro. Quebrou tudo", conta a atleta.

Depois de muita discussão, saiu o dinheiro para repor os equipamentos. Na pressa para os treinos, o técnico emprestou o par de tênis dele. Calçado 44, contra o número 38 de Yane. Folga realmente não combina com essa guerreira de Afogados da Ingazeira, do sertão de Pernambuco.

Mal chegou, ela está com sede de treino. A penatleta Yane Marques traz para Pequim o entusiasmo da medalha de ouro no Pan do Rio de Janeiro. Nas Olimpíadas, acertar na mosca é um desafio bem maior. Não basta tirar um único dez. "O objetivo do penatleta é ser razoável em todas as provas. Não é válido você ser excepcional em uma, e ser péssimo em outra", declara a atleta.

Tiro, esgrima, natação, equitação e atletismo: são diversos obstáculos até o pódio. Os pontos conquistados nas primeiras provas são convertidos em segundos de vantagem na largada dos 3.000 metros do atletismo. Como a corrida é a maior dificuldade de Yane, ela que quanto mais ela sair na frente, menos vai ter que se preocupar com o fôlego das concorrentes e com as próprias pernas. "Sair bem na frente e fazer de tudo para chegar bem na frente", afirma a penatleta.

Atleta olímpica de primeira viagem, a brasileira está solitária no pentatlo moderno. "Tudo que eu puder fazer de melhor, pode ter certeza que eu vou fazer", diz Yane.

NewsPress / Clipping   / PERNAMBUCO.COM , terça ,19 de agosto de 2008

PERNAMBUCO.COM 

Olimpíadas
 novos equipamentos para
disputar os Jogos Olímpicos.
 Ao desembarcar em Pequim,
a bagagem da atleta foi destruída
 por um carro na pista do aeroporto
19/08/2008 | 13h02  |  Susto

Yane Marques já treina em Pequim com equipamentos novos

Chegada de Yane a Pequim. Imagem: Foto Divulgação
Imagem: Foto Divulgação

A única atleta brasileira do pentatlo moderno, Yane Marques, já está com novos equipamentos para enfrentar as provas nos Jogos Olímpicos 2008. Ao desembarcar em Pequim, a bagagem da atleta foi destruída por um carro na pista do aeroporto, no momento em que estava a caminho do saguão.

Segundo Yane tudo ficou quebrado. “Quebrou máscara, copo, óculos de tiro. Quebrou tudo", disse a atleta em uma entrevista para a televisão.

O assessor de comunicação da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno, Sérgio Cavalcanti, disse que a equipe recebeu dinheiro para repor todo o equipamento. “Conversei com a delegação brasileira e eles disseram que Yane já está treinando em Pequim”, contou Sérgio.

Yane Marques compete nas provas de tiro, esgrima, natação, equitação e atletismo. Os pontos conquistados nas primeiras provas são convertidos em segundos de vantagem na largada dos 3.000 metros do atletismo, a maior dificuldade dela.

A atleta, de Afogados da Ingazeira, sertão de Pernambuco, compete pela primeira vez em uma Olimpíada. No último Pan, no Rio de Janeiro, Yane conquistou a medalha de ouro.

Da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

 
terça-feira, 19 de agosto de 2008 - 11h48
NewsPress / Clipping   / Site ESPORTES 360 graus , terça ,19 de agosto de 2008

Esportes
Pernambucana Yane Marques teve problemas com a bagagem em Pequim
Fabiana Murer não foi a única a ter problemas com o equipamento nas Olimpíadas de Pequim. A pernambucana Yane Marques, do pentatlo moderno, que ganhou medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, também teve problemas com o material que será usado em Pequim.

Única brasileira a competir no pentatlo moderno, Yane Marques mal desembarcou na China e já teve que travar um duelo com a empresa aérea do país. A bagagem dela foi atropelada na pista, a caminho do saguão do aeroporto.

Nada sobrou inteiro. "Achamos que o carro passou por cima da minha mala. Quebrou máscara, copo, óculos de tiro. Quebrou tudo", conta a atleta.

Depois de muita discussão, saiu o dinheiro para repor os equipamentos. Na pressa para os treinos, o técnico emprestou o par de tênis número 44 – apesar da pernambucana calçar 38.

Essa folga toda no pé, realmente não combina com essa guerreira de Afogados da Ingazeira, do Sertão de Pernambuco. Ela desembarcou em Pequim no último domingo (17), com sede de treino.

A penatleta Yane Marques traz para Pequim o entusiasmo da medalha de ouro, conquistada no Pan do Rio de Janeiro. Nas Olimpíadas, ela sabe que o desafio é bem maior.

"O objetivo do penatleta é ser razoável em todas as provas. Não é válido você ser excepcional em uma, e ser péssimo em outra", declara Yane.

E haja provas: tiro, esgrima, natação, equitação e atletismo são os diversos obstáculos no caminho até o pódio. Os pontos conquistados nas primeiras provas são convertidos em segundos de vantagem na largada dos 3.000 metros do atletismo.

Como a corrida é a maior dificuldade de Yane, quanto mais ela sair na frente, menos vai ter que se preocupar com o fôlego das concorrentes e com as próprias pernas. "Sair bem nessas primeiras provas e fazer de tudo para chegar bem na frente", afirma.
 
Atleta olímpica de primeira viagem, a brasileira conta com a torcida de todo o país, especialmente de Pernambuco, para enfrentar a maratona que é o pentatlo moderno. "Tudo que eu puder fazer de melhor, pode ter certeza que eu vou fazer", diz Yane.
da redação do pe360graus.com
NewsPress / Clipping   /  O POPULAR, de Goiânia , terça ,19 de agosto de 2008


Goiânia, 19 de Agosto de 2008

19/08/2008 21:13 - OLIMPÍADAS

Yane leva susto com equipamento danificado, mas já treina

     GloboEsporte.com

Ampliar foto

Após o susto do desembarque em Pequim, quando ficou sabendo que parte do seu material esportivo (óculos de tiro, máscara e espada da esgrima) havia sido danificada pela companhia aérea, a brasileira Yane Marques não se abalou e treinou normalmente na capital chinesa. Um novo material foi colocado à sua disposição pelo chefe da equipe, Alberto Cerqueira-Lima.
- Felizmente já está tudo solucionado e a Yane está com todo o material em ótimas condições para competir - afirma o dirigente, que elogiou a tranqüilidade da pentatleta no episódio.

Pela manhã, Yane treinou natação e tiro nos próprios locais de competição e à tarde se encontrou com a sua mãe, Maria

NewsPress / Clipping   /  FOLHA DE PERNAMBUCO , quarta ,20 de agosto de 2008
Andréa Rêgo Barros/Arquivo Folha
20/08/2008
Susto
Yane teve parte do equipamento danificado no aeroporto de Pequim
Pernambucana ficou sem a espada da esgrima, mas o problema já foi resolvido 
 
 
PEQUIM (AE) - Única representante do Brasil no pentatlo moderno, a pernambucana Yane Marques sofreu seu primeiro revés nos Jogos Olímpicos antes mesmo de sair do Aeroporto Internacional de Pequim. Sua mala estava aberta e rasgada, e parte do seu material da esgrima danificado, como a espada e a máscara. Não havia mais como participar da prova, a não ser que tivesse outro apetrecho de reserva. Não tinha. Teria então de comprar ou pedir emprestado.

 

O contratempo fez a equipe do pentatlo moderno do Brasil pedir indenização para a companhia aérea Air China, que transportou a atleta da Coréia do Sul para Pequim no dia 17. Depois de muita conversa e discussão, o chefe da delegação brasileira conseguiu uma indenização no valor de US$ 1 mil. “Só pedimos a indenização porque não havia outra forma de a gente conseguir competir sem o material. Compramos algumas peças para a espada e tentamos recuperar a máscara. A Yane vai competir de qualquer forma”, garantiu o responsável pela delegação, João Gustavo Cerqueira Lima.

 

A pernambucana ficou aborrecida, claro, mas em nenhum momento pensou em abandonar a prova. O pentatlo moderno é composto por provas de cinco modalidades diferentes: hipismo, esgrima, natação, tiro esportivo e corrida. João Lima entende que situações como essa acontecem nos aeroportos, por isso não ficou tão incomodado. A companhia aérea não sabe o que aconteceu ao certo. Decidiu indenizar a atleta. Pelo estado da mala, Lima acredita em duas possibilidades: uma queda de lugar alto do avião ou algum carrinho desses que transportam malas em aeroportos passou por cima dela. A prova de Yane Marques começará amanhã à noite (no horário brasileiro).

 

Ontem, após o susto, ela treinou normalmente na capital chinesa. À tarde, se encontrou com sua mãe, Maria Gorete Marques, que viajou do Recife para Pequim para torcer pela filha, da mesma forma como ocorreu nos Jogos Pan-Americanos do Rio, no ano passado, quando Yane conquistou a medalha de ouro.
NewsPress / Clipping   /  PURO ESPORTE , quarta ,20 de agosto de 2008
PURO ESPORTE.com
Yane leva susto em Pequim com equipamento danificado

(19/08) - Após o susto do desembarque em Pequim procedente de Seul, quando ficou sabendo que parte do seu material esportivo( óculos de tiro, máscara e espada da esgrima entre outros ) com que competirá no pentatlo foi danificado pela companhia aérea, a brasileira Yane Marques não se abalou e  está treinando normalmente na capital chinesa pois um novo material foi colocado à sua disposição pelo chefe da equipe, Alberto Cerqueira-Lima. .

-Felizmente já está tudo solucionado e a Yane está com todo o material em ótimas condições para competir – afirmou o dirigente que elogiou a tranqüilidade da pentatleta no episódio. Hoje pela manhã Yane treinou natação e tiro já nos próprios locais da competição e à  tarde se encontrou com sua mãe, Maria Gorete Marques, que viajou de Recife para  Pequim  para torcer pela filha , da mesma forma como ocorreu  nos Jogos Pan-Americanos do ano passado no Rio .

A  UIPM – União Internacional de Pentatlo Moderno – apresentou hoje às delegações os cavalos que os pentatletas competirão na prova de hipismo mas a listagem oficial dos mesmos sairá amanhã ocasião em que Wagner Romão, pentatleta reserva da prova masculina ,ficará sabendo se terá possibilidade ou não de competir no caso de alguma contusão dos 36 atletas  oficialmente inscritos nas Olimpíadas

NewsPress / Clipping   /  DIÁRIO DE CUIABÁ , quarta ,20 de agosto de 2008


Acidente deixa Yane Marques sem material para esgrima

ROBSON MORELLI

Da Agência Estado – Pequim, China

A única representante do Brasil no pentatlo moderno, Yane Marques, sofreu seu primeiro revés nos Jogos antes mesmo de sair do Aeroporto Internacional de Pequim. Sua mala estava aberta e rasgada, e parte do seu material da esgrima danificado, como a espada e a máscara. Não havia mais como participar da prova, a não ser que ela tivesse outro apetrecho de reserva. Não tinha. Teria então de comprar ou pedir emprestado.

O contratempo fez a equipe do pentatlo moderno do Brasil pedir indenização para a companhia aérea Air China, que transportou a atleta da Coréia do Sul para Pequim no dia 17. Depois de muita conversa e discussão, o chefe da delegação brasileira conseguiu uma indenização no valor de US$ 1 mil. "Só pedimos a indenização porque não havia outra forma de a gente conseguir competir sem o material. Compramos algumas peças para a espada e tentamos recuperar a máscara. A Yane vai competir de qualquer forma", garantiu o responsável pela delegação, João Gustavo Cerqueira Lima.

Yane ficou aborrecida, claro, mas em nenhum momento pensou em abandonar a prova. O pentatlo moderno é composto por provas de cinco modalidades diferentes: hipismo, esgrima, natação, tiro esportivo e corrida.

NewsPress / Clipping   /  O ESTADO DE SÃO PAULO , quarta ,20 de agosto de 2008

 

Revés logo na chegada

Pentatlo

Robson Morelli, de Pequim

 

Única brasileira no pentatlo, Yane Marques sofreu seu primeiro revés antes mesmo de sair do aeroporto de Pequim. Sua mala estava rasgada e parte do seu material de esgrima, como espada e máscara, danificado. Não poderia participar da prova a menos que tivesse o apetrecho de reserva. Não tinha - era preciso comprar um novo ou pedir emprestado. Depois de muita discussão, o chefe da delegação brasileira conseguiu que a Air China pagasse indenização de US$ 1 mil.

"Não havia outra forma de competir. Compramos algumas peças para a espada e tentamos recuperar a máscara. Yane vai competir de qualquer forma", garantiu o responsável pela delegação, João Gustavo Cerqueira Lima. Yane ficou aborrecida, mas não pensou em desistir. O pentatlo moderno consiste em cinco modalidades diferentes numa só apresentação: hipismo, esgrima, natação, tiro esportivo e corrida. Yane compete na sexta-feira.
NewsPress / Clipping   /  GAZETA ONLINE, Vitória , quarta ,20 de agosto de 2008

Pequim 2008: Yane Marques com aparelhos danificados

20/08/2008 - 00h00 (Outros - Outros)

A única representante do Brasil no pentatlo moderno, Yane Marques, sofreu seu primeiro revés nos Jogos antes mesmo de sair do Aeroporto de Pequim. Sua mala estava aberta e rasgada, e parte do seu material da esgrima danificado, como a espada e a máscara. O contratempo fez a equipe pedir indenização para a companhia aérea Air China, que a transportou da Coréia do Sul para Pequim, dia 17. O chefe da delegação brasileira conseguiu uma indenização no valor de US$ 1 mil. O pentatlo moderno é composto por provas de hipismo, esgrima, natação, tiro esportivo e corrida. A prova de Yane será na sexta-feira
NewsPress / Clipping   / GAZETA ESPORTIVA, quarta ,20 de agosto de 2008
Gazeta
Esportiva.net
Olimpíadas 2008/Pentatlo moderno - (20/08/2008 09:00:39)

Empresa aérea danifica material de Yane Marques


Pequim (China) - A chegada da brasileira Yane Marques à China não será de boas lembranças para a atleta. Representante do país na disputa do pentatlo moderno dos Jogos Olímpicos de Pequim, Yane teve parte de seu material de competição danificado pela companhia aérea responsável pelo último trecho de sua viagem, de Seul para Pequim.

Entre os itens que sofreram danos, estão um par de óculos de tiro, uma máscara de esgrima e uma espada. A brasileira, porém, já está na China, onde treina normalmente como um novo material, que foi disponibilizado pelo chefe da equipe da modalidade, Alberto Cerqueira Lima.

“Felizmente já está tudo solucionado e a Yane está com todo o material em ótimas condições para competir”, explicou o dirigente, que ainda elogiou a tranqüilidade da pentatleta no episódio – semelhante ao que já havia acontecido com Fabiana Murer na disputa do salto com vara.

Na manhã desta terça, a brasileira já participou de treinos de natação e tiro nos próprios locais que serão utilizados na competição. À tarde, Yane se encontrou com sua mãe, Maria Gorete Marques, que viajou de Recife para poder torcer pela filha, como já havia feito nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro em 2007.

Também nesta terça, a União Internacional de Pentatlo Moderdo (UIPM) apresentou às delegações os cavalos que os competidores utilizarão na prova de hipismo. A listagem oficial das montarias sairá nesta quarta-feira.

Segunda chamada - A quarta-feira também será decisiva para o pentatleta brasileiro Wagner Romão nas Olimpíadas de Pequim. Reserva na prova masculina, ele saberá se tem ou não possibilidades de competir, dependendo de ausências entre os 36 atletas inscritos na disputa para ganhar uma vaga.

 
NewsPress / Clipping   / O DIA ONLINE, quarta ,20 de agosto de 2008
O Dia Online
19/08/2008 09:05:00

Yane Marques reclama que teve equipamento danificado em Pequim




Pequim - Após o sumiço da vara de Fabiana Murer, mais uma vez uma brasileira teria sido prejudicada com seu equipamento na chegada em Pequim. Yane Marques, do pentatlo moderno, desembarcou na capital chinesa e viu que sua mala estava aberta e rasgada.

A atleta e o chefe da delegação João Cerqueira Lima vieram de Seul, onde passaram um período de treinamento. No dia 17, quando desembarcaram em Pequim, observaram que a mala estava aberta e com o equipamento danificado. A espada e a máscara sem condições de uso.

"Ou caiu de uma altura grande ou um carro passou por cima", afirmou Cerqueira, que pediu indenização a uma companhia aérea e recebeu US$ 1 mil.

Yane e o chefe da delegação compraram algumas peças para consertar a espada e resolveram o problema. Cerqueira afirmou que a atleta não se abalou com o fato.

"Ela está com a cabeça boa e esse fato não vai atrapalhar na competição", afirmou.



 


« Voltar

Twitter Facebook

Fale conosco

Apar Comunicação
aparcomunica@gmail.com
(21) 9698-9708 (Ana Paula Domingues)
(21) 9245-8696 (Raimundo Aquino)